20/07/2009

Should I Stay or Should I Go?

Quem ainda não passou pela sensação de ter algo dentro do peito sugerindo que existe algo de errado? Você não tem a menor idéia do que possa ser, mas sabe que em algum momento deveria ter virado à direita ao invés da esquerda. Quando não é dentro do peito, é como se fosse uma espécie de "estalo mental".

Tempos atrás respondi a um e-mail para uma grande amiga que vive diariamente a vontade de mudar seu caminho. Discutíamos a antecipação da famosa "crise dos quarenta anos", e me veio a inspiração de responder que às vezes não conseguimos entrar à direita porque não era o momento. Um bloqueio nos faz entrar à esquerda porque fomos vítimas de uma piada do tempo.

Isso vai contra o princípio de livre-arbítrio, mas na maioria das vezes não foi o tempo... Foi a nossa escolha mesmo! Mas como seria a vida sem o livre-arbítrio? Talvez um grande teatro onde atores e atrizes não precisam improvisar porque nunca erram o script. Personagens marionetes vivendo o dia-a-dia já conhecendo o que está escrito nas últimas páginas... Interessante isso? Não acho.

Se aprende muito errando. E o arrependimento é um sentimento dúbio. É uma consciência de perda amenizada justamente por saber que fomos inteligentes o bastante para valorizar nossa liberdade de escolha. Existem erros que nunca poderão ser corrigidos, mas ao menos serviram para ensinar a malandragem de saber evitar as armadilhas das próximas bifurcações.

Quando erramos podemos demorar muito para ter a consciência plena da besteira. Tudo segue aparentemente bem, mas é como se tivéssemos conseguido uma adaptação em um caminho que não era o nosso. E ajustar o caminho errado não é conformismo. Somos absolvidos justamente por buscar a mudança. Não dizem que o ser humano é um eterno insatisfeito?

E o que as pessoas chamam de "crise dos quarenta anos" é esse estalo mental que nos faz questionar os caminhos percorridos e a intensificação da pressa para descobrir em qual bifurcação mudar o futuro quando o planeta der a próxima volta.

Se não podemos usar o "backspace", vamos aprender a dar o "enter" na hora certa!

(Por falar em mudanças, vou voltar a postar com mais frequencia, e para marcar esse momento, mexi um pouco no layout do blog... Antes later do que never! rs...)

2 legendas adicionais:

ex-amnésico disse...

Pra começar... você percebeu qye eu voltei, não? Ô vício maldito! E justamente porque, veja só, não conseguir "mudar" como achei que deveria...

Ei, gostei da incrementada no visual! E, quanto a ser tema de vestibular: achava mesmo que eu gastava elogios a toa? ;)

***

Pessoalmente, não acredito que erros ensinem alguma coisa; acho mais é que algumas poucas antenas da raça conseguem tirar proveito das adversidades.

Quanto ao resto de nós..., bem, somos o resto... :(

De um ausente para outro, bem-vindo de volta!

Marcia disse...

Crise dos quarenta... aprender com os erros... escolhas...
Conheço essa coversa !!!
:)

Related Posts with Thumbnails